COLÉGIO MARCONI PROMOVE PALESTRA SOBRE DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA

Ontem, 26/06, foi uma noite cheia de aprendizado para os pais que puderam comparecer à palestra “Depressão na adolescência: o mal do século”. O encontro teve como objetivo ajudar e orientar pais e responsáveis sobre os perigos dessa doença que está, dia após dia, atingindo mais adolescentes. 

 

O encontro foi realizado em parceria com a Escola da Inteligência. A palestrante, Ana Lídia, psicóloga e mestre em psicologia com ênfase em análise de comportamento, destacou pontos importantes que vão desde a mudança de comportamento da geração Z aos alertas sobre sobre a doença, que envolvem os sintomas, diagnóstico e tratamento adequado. 

 

Dados importantes foram abordados. Infelizmente, os índices de transtorno de depressão e ansiedade têm aumentado entre crianças e jovens, o que causa problemas na sua formação escolar e na vida. Casos de bullying e suicídio tem se alastrado na sociedade.

 

O assunto é tão sério que já foi abordado em diversos jornais, um deles foi o O Globo, que destacou que a depressão é a principal doença da adolescência e que muitos jovens ficam sem diagnóstico, pois sinais se parecem com problemas típicos da idade. 

 

Ana Lídia mostrou quais as possíveis causas da depressão. Em seguida, citou os principais sintomas e sinais de alerta. “É muito importante que o diagnóstico e o tratamento sejam feitos por profissionais da área da saúde, como psiquiatras, psicólogos”, enfatizou. 

 

“Depressão não é só uma fase que passa sozinha! É uma doença que requer diagnóstico e tratamento adequado. É importante conhecer o que é comum desta fase, porém, é necessário estar atento às mudanças de comportamento e aos sinais de alerta”, afirma. 

 

Ana Lídia destacou, ainda, como prevenir e combater a doença. Veja: 


✔️Conheça Quais são os sonhos do meu filho? Quais são os medos? Quem são seus amigos, seus interesses? Como ele expressa as emoções?


✔️Escute O que meu filho tem a dizer sobre o que ele sente e pensa? Eu estou aberto a ouvir sem julgamentos?


✔️Ofereça envolvimento afetivo. Como estão as conexões familiares? Tenho tido tempo de qualidade com eles? Temos momentos de afeto, de colo, abraço? Tenho elogiado e incentivado meu filho?


✔️Promova hábitos saudáveis. Como está a alimentação, exercícios físicos, hobbies, relacionamentos? Quanto tempo eles têm passado nas redes sociais?

 

✔️Estabeleça regras e limites. Tenho preparado meus filhos para as frustrações de se ouvir um “não”? 

 

Esse encontro nos mostrou que a participação da família, da escola e dos amigos é essencial para prevenção da depressão e que o diagnóstico e tratamento devem ser em conjunto com especialistas.

 

Para finalizar, a palestrante deixou uma mensagem: “Cuidar da saúde socioemocional é tão importante quanto cuidar da nossa saúde física na prevenção da depressão ou outros transtornos psíquicos”. 


 

FIQUE DE OLHO! 
 

ESTATÍSTICAS APRESENTADAS DURANTE A PALESTRA: 


➡️ A 3ª principal causa de morte entre os adolescentes de 15 a 19 anos é o suicídio  - OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde); 

 

➡️ 16% das pessoas com questões em saúde mental tem entre 10 e 19 anos - OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde);


➡️ 50% da população mundial tem ou vai desenvolver algum transtorno psicológico (Universidade de Michigan - EUA);
 
➡️ 35% da geração Z alega já ter sofrido depressão em alguma fase da vida, no Brasil (Universidade Estadual de San Diego - EUA). 

 

Please reload

Posts Em Destaque

COLÉGIO MARCONI É CAMPEÃO DA OCG 2019

September 27, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo