Alunos do Colégio Marconi participam de bate papo com o escritor Mia Couto.

Na última quarta-feira (21/06), o Colégio Marconi trouxe com exclusividade para Guarulhos o escritor, jornalista e biólogo Mia Couto. O evento aconteceu no Teatro Adamastor e contou com a presença de 400 pessoas, entre alunos, professores, equipe gestora e convidados.

 

Com a plateia lotada, o escritor falou sobre sua trajetória profissional, destacando sua formação em biologia, com especialização na área de ecologia, sendo atualmente professor em universidades. Como biólogo tem realizado trabalhos de pesquisa em diversas áreas, com incidência na gestão de zonas costeiras e na recolha de mitos, lendas e crenças que intervêm na gestão tradicional dos recursos naturais. 

 

Em seguida, iniciou uma discussão literária sobre suas obras e afirmou grande apreço pela literatura brasileira, citando os autores Guimarães Rosa, Jorge Amado e Graciliano Ramos.

 

 Na sequência fez uma explanada sobre o livro “Terra Sonâmbula”, romance publicado no Brasil em 2007. É considerada uma das melhores obras africadas do século XX e faz referência à devastação de Moçambique por sucessivos confrontos. O romance, que retrata o último período dessa guerra civil, foi publicado pela primeira vez em 1992, quando foi assinado o Acordo Geral de Paz os partidos Renamo e Frelimo, que hoje disputam pacificamente as eleições.

 

O Colégio Marconi agradece, imensamente, a colaboração da Editora Companhia das Letras, do vereador Jesus, da Professora e Coordenadora do Núcleo Pedagógico (PCNP) da Diretoria de Ensino Guarulhos Norte, Nanci Catão, da Prefeitura de Guarulhos, e ao apoio cultural da agência de turismo Sky City.

 

 Sobre o autor - Atualmente é considerado o autor moçambicano mais traduzido e divulgado no exterior e um dos autores estrangeiros mais vendidos em Portugal. As suas obras são traduzidas e publicadas em 24 países.

 

É o único escritor africano membro da Academia Brasileira de Letras, como sócio correspondente, eleito em 1998, sendo o sexto ocupante da cadeira nº 5, que tem por patrono Dom Francisco de Sousa.

 

Mia Couto é dono de uma obra literária tão completa que lhe garantiu diversos prêmios literários, entre eles o “Prêmio Camões de 2013”, o mais prestigioso da língua portuguesa, e o “Neustadt Prize de 2014”.

 

Em 1999, o autor recebeu o prêmio “Vergílio Ferreira” pelo conjunto de sua obra e, em 2007 o prêmio “União Latina de Literaturas Românicas”.

 

>>Clique e veja mais fotos

Please reload

Posts Em Destaque

COLÉGIO MARCONI É CAMPEÃO DA OCG 2019

September 27, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo